Quer criar seu próprio infoproduto?

Inscreva-se e receba um minieBook para saber mais hoje mesmo!

Você tem medo de comprar pela internet?

Shares

Você tem medo de comprar na internet?A internet já está por aí há alguns anos. Mas não há tantos anos que todos a conheçam desde que nasceram. Ou seja, há pessoas – muitas – que pegaram o bonde andando. Eu mesmo sou um exemplo. Apanhei um bocado para entender como funciona essa joça. Aprendi.

Mas compreendo que para certas pessoas a coisa é complicada. Hoje em dia ainda temos pessoas que mal e mal se arriscam a dar um cliquezinho à toa para fechar um programa. Quando aquela tela desaparece e aparece outra coisa… oooppppsss! Lascou… estraguei o computador do Zézinho.

Que dizer então de comprar algo online – seja lá o que for – e ter que pagar com cartão, por exemplo? Aí a porca torce o rabo… Muita gente fica com medo. E não sem uma certa razão.

Quem é quem

Existe gente mal intencionada online, na internet? É claro que sim. Sem a menor dúvida. Assim como em qualquer outra área. Mas nós, que trabalhamos na internet, não somos todos uma cambada de safados… Em grande maioria estamos trabalhando duro, tentando ganhar o pão de cada dia. Sim… há gente boa nestas paragens.

E quem é e onde está a “gente ruim”?

Aí é que são elas. A internet não é diferente do mundo real. O ladrão não abre uma loja “Roubos e furtos” ao lado da padaria, abre? Pois é… na internet é a mesma coisa. Eles estão por aí, mas não se sabe onde. Nem quando vão atacar. Mas existe algum conhecimento de “como” atacam. Eu, na verdade, não sou um expert no assunto, mas sei de algumas coisinhas, que talvez possam ajudar você.

  • Fishing – A palavra quer dizer: “pescar”. E é quase isso mesmo. E o “peixe” é a sua senha. Como funciona: Há muitas maneiras, mas o final da história é sempre o mesmo… “coloque aqui sua senha de login…”. Eu já fui ingenuamente “pescado” usando minha senha de um site social para fazer login em outro site. Aconselho a não fazer isto. Se você quer logar num site qualquer, que não seja com identidade de outro site. Por exemplo: O site em questão lhe diz que você nem precisa fazer cadastro, basta fazer login com seus dados do Facebook, ou Orkut, ou Twitter, lá o que seja. Em alguns casos, não é fishing. Mas pode ser. Por via das dúvidas, prefira fazer um cadastro e logar com nome de usuário e senha diferentes.
  • Senha – Tem a ver com o item anterior. As pessoas têm mania de usar senhas ingenuas. Data de nascimento é uma das preferidas. Para “não esquecer”. Não faça isso. Hoje em dia é muito fácil acessar dados, devido aos sites sociais e tudo mais. Jamais use em sua senha nenhum dado pessoal. Sobrenome, endereço, etc. Invente, crie senhas. Com letras e números, para dificultar. E – atenção – não utilize a mesma senha para todos os sites. Crie senhas diferentes. Dá trabalho, mas é seguro. Faça uma lista de senhas, grave num pendrive, faça uma cópia em papel. É menos provável que alguém mal intencionado ache o papel com suas senhas do que a pesque na internet. Mais uma que dá trabalho: periodicamente, troque suas senhas importantes.
  • Sites duvidosos – Se você não sabe absolutamente nada sobre um determinado site, mas quer realizar algum tipo de transação por ali, verifique. A quem pertence o site? Isso está claro? Há uma identificação no site, um link? Pesquise o nome no Google. Se você não conseguir nenhum tipo de informação usando os dados contidos no site… cuidado. Vou citar o exemplo dos meus sites. Você entra, por exemplo em uma página de vendas minha. Lá embaixo, no final do site, a última linha sempre tem um link para o site principal. É uma identificação. Se você digitar meu nome ou o nome de um site ou blog meu, aparece uma lista enorme no Google. Ou seja, a coisa é transparente. Eu dou a cara. Você pode, em poucos minutos, saber de um montão de coisas sobre mim, sobre meu trabalho e tudo mais. Porque ter medo então? Alguém que dá as caras – literalmente – como por exemplo em meus videos no Youtube, não pode estar se escondendo. Porém se você não acha nada, resista à tentação. Principalmente se o que lhe estiver sendo oferecido for “milagroso”.
  • Pagamentos – Eu acredito que há pessoas que mesmo estando dentro de um ambiente seguro, têm medo de dar número de cartão de crédito. Tudo bem, é um  direito de cada um. Mas o medo em excesso também é danoso. Muitas vezes você pode prejudicar uma negociação que seria saudável. Eu, por exemplo, atualmente só vendo pelo pagseguro UOL. Ora, quando você está no site do pagseguro, está fora do meu alcance. Ou de qualquer outra pessoa, bem ou mal intencionada. Você está num ambiente conhecido e renomado. Dificilmente será lesado por ali. A menos que alguém copie muito bem o site do pagseguro. O que é bastante difícil e trabalhoso. Mesmo assim, não custa verificar. Certa vez fui entrar no site do meu banco, e a tela estava diferente. Entrei novamente, com outro navegador, e a mesma tela apareceu. Era bem diferente da que eu estava acostumado. Muitas vezes a gente pensa: “o banco mudou o site”. Pode ser, mas por via das dúvidas, não entre. eu não entrei, apesar de ter quase certeza de que era seguro. Mas no dia seguinte, acessei o site e… oppss… a tela havia voltado ao normal, era a tela que eu sempre conheci. E aí? Era falcatrua ou não? Provavelmente não. Talvez o site estivesse em manutenção e tivesse sido redirecionado. Mas… seguro morreu de velho. Ou seja, na hora de pagar, preste muita atenção. Existe algo estranho? Pare e pense. Verifique. Olhe a URL lá em cima no navegador. O nome ali está correto? Começa com “https” ou não?
  • Email – Saiba que alguém entendido e mal intencionado pode utilizar um email de terceiros. Por exemplo: você recebe um email meu solicitando alguma providencia, um pagamento, algo assim. Pense: é algo que você esperava? É estranho? Você não tem nem idéia do porque daquilo? Faça o seguinte: 1) Não tome providencia nenhuma. 2) Não responda àquele email. Inicie um novo email e envie para o endereço que você já tinha anteriormente. Ou entre em contato de outra maneira, para esclarecer.
  • Garantia – Que garantias o site em que você está comprando lhe oferece? Eu, por exemplo, ofereço a garantia do pagseguro, que é mais do que suficiente (Se houver algo errado com a transação (não entrega ou produto errado, defeituoso), você pode entrar com uma disputa). Caso o vendedor não lhe ofereça nenhuma garantia, ou isto não esteja claro no site, pergunte. Por email, telefone, o que seja. Não se afobe porque está com vontade de comprar algo. Pergunte qual é a garantia de que você vai receber tudo direitinho e, se não receber ou estiver com defeito, quebrado, errado, o que será feito? Se a resposta for: “isso não vai acontecer”, “nós damos um jeito”, ou coisas deste tipo, desconfie. A resposta deve ser clara e objetiva. Por exemplo, há empresas para as quais você pode devolver um produto, mas deve arcar com a despesa de frete. Você precisa saber destas coisas. Antes de comprar, claro. Em meu caso, por exemplo, é difícil oferecer devolução. Porque uma vez que a pessoa baixou um video ou apostila… babau. Não há devolução de material possível. E eu me garanto entregando sempre muito mais do que foi anunciado. E dando suporte total. Ao final das contas, meus produtos saem mesmo quase de graça, a bem  da verdade. Eu prefiro assim. Não quero somente ganhar dinheiro. Quero que as pessoas aprendam. Que recebam algo de valor. E que me recomendem, é claro.
  • Seu computador – Mantenha seu computador sempre atualizado e livre de vírus. Um computador sem anti-vírus é um convite para bandidos. Há vírus que “pescam” suas informações também. Limpe constantemente seus dados de navegação.

Uma historinha

Fiquei sabendo de um caso, tempos atrás. Um sujeito esclarecido, estudado, pesquisou na internet, porque desejava investir um dinheiro. Em carros de luxo. Achou um, entrou em contato com o vendedor e… enviou uma nota preta para a conta bancária do vendedor. Que ficou de lhe mandar o carro. Encurtando a história: se ferrou. Meses depois ainda estava tentando saber o verdadeiro nome do sujeito, blá, blá, blá… Sei lá se conseguiu resolver.

Enfim, você não precisa ter medo de comprar na internet. Mas precisa fazer tudo com os olhos bem abertos, com muita atenção. Ligar o desconfiômetro é essencial.

Saiba mais seguindo este link: pagseguro

About the Author Bruno

Popular posts