Quer criar seu próprio infoproduto?

Inscreva-se e receba um minieBook para saber mais hoje mesmo!

Saber como errar menos é possível

Shares

Saiba como errar menosOk, você conseguiu dizer “estou errado”. É um bom começo. Na verdade, a atitude fundamental para corrigir o erro. Reconhecer que errou.

Porém, só reconhecer que errou não basta. O erro não se corrige por si só. Reconhecer o erro é só o começo. Já ouvi muita gente dizer “eu sei que estou errado…”. E parar por aí. Só para – tempos depois – cometer exatamente o mesmo erro. E repetir a frase: “eu sei que estou errado, mas…”. Desta vez, acrescentando uma desculpa… “mas…”. Isso não adianta nada.

Errar é humano

Esta frase é bastante conhecida, claro. E verdadeira. O que o ser humano mais faz é errar. É a nossa natureza. Erramos para fazer parte de um grupo. Erramos onde todo mundo erra. Erramos onde niguém erra. Erramos por omissão. Por exagêro também. Cometemos erros pequenos. Deixamos que virem erros grandes. Aí deixamos que virem um desastre. E aí dizemos: “eu sei que estou errado, mas é que… errar é humano”.

Está vendo? Progredimos nas desculpas furadas, mas não corrigimos o erro.

Quando você aceita o erro como inevitável, é o começo do fim. Errar é humano, é verdade. Mas insistir no erro, aceitar o erro sem luta é – no mínimo – conformismo. “Ahhh…. é assim mesmo… tem jeito não…”. Não acredito nisso. Tem jeito sim. Você não vai ser perfeito. Ninguém é. Mas pode errar menos.

Estou errado… posso melhorar?

Pode. Eu posso e você também pode. Você não vai conseguir “chutar o pau da barraca” e virar um certinho amanhã mesmo. Mas pode conseguir minimizar as possibilidades de erro em diversas áreas da sua vida.

Foi pensando nisso que escrevi o livro “Quando tudo sai herrádu é porque você errou!”.

Não sou filósofo, nem psicanalista, nem nada. Apenas um ser humano que já errou. E já viu muita gente errar. E acertar também, de vez em quando. O livro se baseia nisso. Minhas observações sobre os meus erros e acertos, bem como de outros. Mais de outros, porque eu só errei uma vez. Foi a vez em que pensei estar errado. Brincadeira… acabei de dizer no começo do parágrafo… já errei, é claro. E não foi pouco, acredite.

E nem poderia ser diferente. Uma pessoa que nunca fumou pode ensinar alguém a parar de fumar? Não creio. É preciso conhecer o assunto. E eu, como todo ser humano, conheço deste assunto. Errar. E saber quando estou errado. Mas também aprendi a reconhecer meus erros e a lidar com eles. E sou especialista em observar erros de terceiros. O que também pode ser um erro. Mas me ajudou bastante a escrever este livro. Convenhamos, é muito mais fácil observar o erro alheio.

Se você está pronto a dizer “estou errado” e aprender a lidar com seu erro, este livro é para você. Conheça melhor o livro no link abaixo:

Quando tudo sai herrádu é porque você errou

About the Author Bruno

Popular posts