Quer criar seu próprio infoproduto?

Inscreva-se e receba um minieBook para saber mais hoje mesmo!

O poder da fé é verdadeiro?

Você acredita que o homem chegou à lua? Se for como a maioria dos seres humanos, acredita, é claro.

Há muitos anos atrás, quando o homem recém havia pisado na lua, um colega de trabalho, diante dos comentários a respeito, disse:

– Isso é mentira. Tudo montagem na televisão… eu não acredito!

Aquilo me fez pensar. Apesar de todos os outros haverem discordado, o sujeito não estava tão errado. Ninguém ali havia visto nada. Nem sequer foguete saindo ou chegando. Tudo mostrado pela televisão. Poderia mesmo ser mentira.

E porque acreditamos nisto? Porque a informação vem de fonte segura. A fonte tem credibilidade. E por aí afora. Ver mesmo, até hoje pouca gente viu. Provas irrefutáveis, somente o pessoal da NASA tem.

Mas você e eu acreditamos.

Sabe o que é isso? É uma forma de fé. Nós cremos naqueles que nos dizem que há homens numa estação espacial (brrr…. Deus me livre!), vivendo lá na casa do chapéu. Tudo bem, há provas, mas eu não vi e você também não (ah, viu? então me desculpe…). Portanto, estamos acreditando em algo que não vemos.

E Deus? Você já viu Deus? Também não. Nem eu. Mas aí, a coisa é um pouco diferente. Como é que se faz para acreditar (ter fé) em uma pessoa (sim, Deus é uma pessoa) que ninguém nunca viu. E os técnicos da NASA não apresentaram provas ao mundo?

Está me acompanhando? Diga a verdade. Se um dia doido destes aparece a NASA na televisão anunciando que tirou uma foto – utilizando o telescópio Hubble e mais outros bichos – de Deus, você acreditaria? Acreditaria que Deus existe?

Provavelmente um montão de gente acreditaria. E daria mais crédito ao descobridor do que à descoberta em si (Deus).

Mas eu não me preocuparia com isso. Os americanos não conseguem achar nem o Bin Laden…

O poder da fé

Fé nada mais é do que acreditar em alguém que não se vê, que não se pode tocar, que não “está” em algum lugar por nós conhecido. É simplesmente crer. Crer num Deus que a tudo e todos criou. Crer em Jesus, filho de Deus, que entregou Sua vida para te salvar. E me salvar.

Você não vê, não sente, não toca, não fala com Deus. Somente acredita. É meio doido, pois não? Não há provas. O homem precisa de provas. Provas humanas. Porque o homem, contrariamente à vontade de Deus, só acredita em outro homem. Mas não acredita em Seu Criador. E por acreditar em homens, nós sofremos.

Mas quando um homem começa realmente a crer em Deus, passa a conhecer o poder da fé. Porque este homem agora está em sintonia com Deus. E finalmente Deus pode trabalhar na vida deste homem, realizar Seu plano.

Sim, porque enquanto estamos no “ora veja”, descrentes, perdidos por aí, achando que podemos resolver as coisas por nós mesmos, Deus não trabalha em nossas vidas.

Veja só que coisa. Deus trabalhar por nós. Ele quer fazer isto. Ele quer trabalhar em tua vida, em minha vida. Mas a falta de fé nos afasta de Deus. E Ele fica esperando. E no exato minuto em que acreditamos em Deus e que entregamos nossas vidas a Ele, o trabalho começa. E não é pouca coisa. Deus jamais faz pouco ou dá pouco aos Seus filhos.

Enfim, o poder da fé é verdadeiro? Se a fé pode nos aproximar de Deus e fazer com que Ele execute em nossas vidas a Sua vontade. Se pode fazer com que Deus mude as nossas vidas para melhor (muito melhor). Se pode fazer com Deus remova obstáculos que nos impedem de dar um pequeno passo… sim! O poder da fé é verdadeiro. Mas a fé precisa ser verdadeira.

About the Author Bruno