Quer criar seu próprio infoproduto?

Inscreva-se e receba um minieBook para saber mais hoje mesmo!

Natal feliz, só incluindo o aniversariante

Shares

Natal com JesusImagine a seguinte cena: todos os teus amigos, parentes, mulher, filhos reunidos numa grande festa. A festa do teu aniversário. E você não está. Esqueceram de te convidar. Eles comemoram, bebemoram, dançam, comem, brincam, conversam. E você não está. Está em algum lugar (que não a festa), esquecido.

Seria triste, não é? É claro que seus amigos e parentes jamais fariam uma coisa destas. Você também não, certo? Arrrammm… errado. Muitos de nós fazemos isso quase todos os anos, no natal. Trocamos presentes, fazemos amigo secreto, enchemos a mesa de comida e bebida. A gandaia vai que vai. E nos esquecemos do aniversariante, Jesus Cristo.

Quero deixar claro que o “puxão de orelha” começa por mim mesmo. Não quero enfiar o dedo na cara de ninguém, sendo que sou o primeiro a fazer tudo errado. Mas pra quem pisa na bola do mesmo jeito que eu, serve a chamada.

Veja bem. Não estou nem dizendo para você modificar a maneira com que comemora o natal. Eu não pretendo modificar a minha. O negócio é incluir Jesus. Dirigir a festa ou reunião em direção a Jesus. Pensar n’Ele e falar d’Ele em meio à comemoração. Esta é a minha falha, e talvez também a sua.

Evidentemente, como cristão é claro que penso em Jesus Cristo muitas e muitas vezes, durante o ano todo. Neste particular até que não sou tão negligente. Tanto é que escrevo este blog. Mas confesso que muitas vezes deixei a festa de natal correr à revelia, sem lembrar-me de Jesus. E quero corrigir isto. E se for o seu caso também, gostaria que você também corrigisse.

Natal com Jesus… muito melhor

Mesmo que você nem seja cristão, nem nunca tenha entrado numa igreja, ou sequer saiba direito quem é Jesus Cristo, pode convidá-lo para a sua festa. Chega a ser um pouco esquisito. Convidar o aniversariante para a sua própria festa. O  problema é que a sociedade excluiu Jesus de sua própria festa. Mas Ele (Jesus) não fica bravo com você não. Pode convidar que Ele vem. Eu garanto a você. E com a presença de Jesus, sua festa vai – como se diz muito hoje em dia – bombar!

Agora vamos virar a conversa para outro lado. Se você não dá a mínima para o natal, nem tampouco para Jesus, o caso já é outro. Calma… já vou explicar.

Por mais que a propaganda, a sociedade, ou sei lá quem mais tente desvincular Jesus Cristo do natal, Ele (Jesus) é a razão do natal. Ponto final. Eu já vi gente de religiões que nada têm a ver com o cristianismo montar árvore, trocar presentes e tudo mais. Até cheguei a perguntar o porque daquilo, se não acreditam em Jesus. Nem me lembro da resposta, mas com certeza foi alguma bestagem. Sim, porque não há razão para se comemorar o nascimento de uma pessoa na qual não se acredita, concorda?

“Ah, mas é costume…” – alguns dizem. Pura bobagem.

Mais uma vez, vou dar uma dica. Mesmo que você pertença a este último grupo, não deixe de fazer sua festa. Pensou que eu ia jogar areia na sua farofa, pois não? Nada disso. Monte sua árvore, troque presentes, divirta-se. Mas pense, nem que for por três pequenos segundos, em Jesus Cristo, filho de Deus. Que morreu por você. Estes três segundos farão toda a diferença, pode acreditar.

Saiba mais sobre o nascimento de Jesus Cristo

About the Author Bruno

Popular posts