Quer criar seu próprio infoproduto?

Inscreva-se e receba um minieBook para saber mais hoje mesmo!

Jesus Cristo foi morto numa cruz?

Jesus Cristo morreu numa cruz?Segundo a bíblia, foi. Então, fim de papo. Está na bíblia, acabou-se a conversa, certo? 

Bem, segundo uns e outros, não é bem assim. Há uma religião que acusa os cristãos de utilizarem a cruz em seus cultos como um símbolo “inventado” – e portanto, errado. Esta religião afirma que Jesus morreu pregado a uma espécie de poste.

Entretanto, há diversas menções na bíblia que dizem explícitamente a palavra cruz. Uma delas é a passagem em que um soldado zomba de Jesus e lhe diz para “descer da cruz”.

Ora, há que se considerar, para acreditar que não era uma cruz, das duas uma: ou o soldado era um idiota que não sabia a diferença entre um poste e uma cruz, ou quem escreveu o texto é que não sabia o que estava escrevendo.

E se assim for, há também que se considerar a mesma coisa em outros textos que mencionam a cruz.

A inscrição acima da cabeça de Jesus

Tem mais. A bíblia diz que havia uma inscrição na cruz, acima da cabeça de Jesus. Imagine a cena do suposto poste: Jesus estaria então com as duas mãos pregadas juntas. A inscrição então já não poderia estar “acima de sua cabeça” e sim “acima de suas mãos”.

Indo mais adiante, a bíblia fala em “cravos em suas mãos” e não “cravo em suas mãos”. Se tivessem pregado as duas mãos juntas, bastaria um cravo.

Enfim, esta é uma discussão – na minha opinião – inútil. Por isso nem vou alongar-me nisto. Nem tampouco atacar a referida religião que faz tais afirmações. Nem ao menos mencionar o nome da religião.

Mesmo porque, assim como esta religião, há outras – inclusive cristãs – que distorcem a palavra de Deus (a bíblia) para infundir em seus seguidores suas próprias idéias. Idéias humanas, é claro. Provindas de pessoas que atrevem-se a tentar substituir Deus. Contar outra história. E conduzir seus seguidores diretamente ao abismo.

Acredite somente na bíblia

Portanto, você que está pela aí, procurando informações a respeito de Deus, de Jesus Cristo e da salvação, procure sempre confirmar afirmações provindas de igrejas, religiões, pastores, padres ou lá quem seja, procurando a resposta na bíblia. Até mesmo esta informação que lhe dou agora. Não acredite em mim e sim, na bíblia.

Se não achar na bíblia, não creia que você não é suficientemente competente para “interpretar” a bíblia. É porque alguém lhe passou uma falsa informação mesmo.

Saiba que – neste aspecto – o mundo está dividido em duas partes. Uma parte quer te levar para o paraíso, a vida eterna. A outra, quer ver você arder no inferno. É simples assim.

Portanto – insisto – confira. Muita coisa se diz por aí. Mas a verdade está na bíblia. Somente na bíblia. Podem lhe mostrar centenas de outros livros, que dizem isto e aquilo, mas não aceite nada disso.

A bíblia é a palavra de Deus. Nenhum outro livro, livreto, livreco, folhetinho pode substituí-la. E olhe que este tipo de coisa está sobrando por aí. Gente que acha que pode escrever qualquer lixo e empurrar garganta abaixo das pessoas crédulas. Alguns são simplesmente ingênuos. Escrevem um amontoado de bobagens, colocam seus nomes numa capa ridícula e saem dizendo que são escritores. Estes podem até não ser maldosos, mas também não são inofensivos. Podem induzir os outros ao êrro.

Já outros não. Planejam aquilo que escrevem. Muito bem planejado. Com o propósito de confundir, dividir e conquistar. Tirar você do caminho de Deus e te levar para um caminho de morte.

Não deixe que isto aconteça. Seja desconfiado. Leia e creia na bíblia.

About the Author Bruno