Ditadura militar foi ruim?

ditadura militarEm março de 1964, através de um golpe, o exército brasileiro assumiu o controle do país. Estava instalada no Brasil a ditadura militar. De 64 a 85 vivemos sob este regime.

Pessoalmente, cresci, estudei e trabalhei sob a ditadura militar. Quer saber como era? Para comunistas não era muito agradável. Terroristas também não. Bandidos e traficantes também não tinham vez. Pornografia era proibida. Anarquistas se davam mal.

Mas para mim - e a maioria das pessoas - não pegou nada. Apenas vivi normalmente a minha vida. Coisa que hoje está um pouco difícil.

Sai o exército, entram a incompetência e a corrupção

Em 1985, finalmente nós, civis, conseguimos mudar o quadro. Diretas já, presidente eleito, vamos nós. Não sei, mas acho que os militares foram vencidos pela canseira. O último presidente militar, Figueiredo, estava visivelmente cansado. Não aguentou o repuxo. Creio que simplesmente disse: “Voces querem a bananosa? Aí está, podem pegar”.

Pegamos. Ou melhor, pegaram. Políticos civis completamente despreparados. Saímos de uma ditadura militar para uma bagunça civil. De lá pra cá, creio que não houve sequer um governo que disse a que veio. Detalhes à parte, não há dúvida em minha cabeça de que o país piorou. E muito.

É o tal negócio. Quando o gato sai, os ratos fazem a festa.

Tá legal. A ditadura militar mandava a borracha, prendia, torturava. Mas ao que me consta não fazia isso a torto e direito. Só fazia com algumas pessoas, certo? Eu, por exemplo, nunca senti a textura de um cassetete na cabeça, nem em qualquer outra parte do corpo.

Com dezoito anos alistei-me no exército e fui dispensado por excesso de contingente.  O que me leva a crer que o exército não se preocupava muito em aumentar o contingente para arrebentar ao meio pobres inocentes que só queriam um país melhor. Melhor para terroristas, traficantes, bagunceiros, bandidos. É o que tudo indica.

À época da ditadura militar, muitos reclamavam da PE (polícia do exército), que se fazia presente nas ruas. Talvez até eu mesmo tenha chegado a reclamar. Rebelde sem causa. Por acaso a PE saía dando borrachada em qualquer um? Não que eu saiba. Prendia pessoas aleatoriamente na rua? Ao que me consta não.

Ditadura militar ou comunismo?

Exageros aconteceram, é verdade. Em alguns casos, o combate ao comunismo ia longe demais. Havia uma espécie de medo obsessivo do comunismo. Ironicamente, este ferrenho combate ao comunismo revelou-se inútil – na minha opinião. O próprio comunismo cavou a própria sepultura. Por mais que alguns “intelectuais” amem o comunismo, este mostrou-se um regime pior do que a ditadura militar, nos paises onde existia (e existe). Você acha legal? Falar é fácil. Vá morar num país bacana, onde todo mundo é “igual”. Cuba. Tem gente que fala que gosta de Cuba, mas não vai morar lá nem com a peste.

Muito bem. Anos de governo civil, e o que temos?

  • Sob a ditadura militar, a escola estadual onde eu estudei, tinha: anfiteatro, laboratório, sala de música, piscina, quadra de esportes,  aula de música, artes, educação física, francês e inglês.
  • As escolas de hoje… tsc, tsc.
  • Sob a ditadura militar, maconheiro (usuário) se lascava.
  • Hoje traficantes de drogas muito piores que a maconha dominam cidades inteiras. Cidades “pequenas”, claro. Como o Rio de Janeiro.
  • Naquela época, não se podia falar mal do exército.
  • Hoje bandidos atiram em soldados do exército. Talvez apareça algum “humanista” dizendo que o exército está agindo com muita violência.

Chega. Não quero forçar a memória.

Agora que uma verdadeira bagunça está instalada no país, o que fazemos? Temos que chamar o exército. Colocar o exército nas ruas. Mas não era disso que reclamávamos?

É como o filho que, achando saber mais que o pai, lhe pede que deixe o controle da empresa da família sob seus “cuidados”. Enche tanto o saco, que o velho cede. Na grande maioria dos casos, o filho manda a empresa pro vinagre. Às vezes, o pai saca o lance antes, e coloca o fedelho em seu lugar, reassumindo o controle.

E também não adianta colocar a culpa neste ou naquele. Um povo que elege um comediante como deputado federal não tem noção do que está fazendo. Por outro lado, um “partido político” que lança uma candidatura destas, sabe exatamente o que está fazendo. Colocando marionetes no congresso. E o povo ainda faz piada. Isso é pra chorar, não pra rir.

E qual é solução? Uma nova ditadura militar? Ao contrário do que você possa estar pensando, acho que não. Administrar o país não é função do exército. É função de administradores, oriundos do povo. Mas nós precisamos tirar as fraldas da bunda. E levar o país a sério. Ao contrário do que Tiririca dizia em sua campanha, pode ficar pior. Muito pior.

Saiba mais sobre a ditadura militar

autor da foto

There are 24 comments left

  1. francis /

    ISSO MESMO DITADURA JA!!!! VAMOS BOTAR UM RUMO NESSE BRASIL QUE A DEMOCRACIA BANALISOU

    1. Bruno / Post Author

      Olá Francis. Não sei se o caminho é este, mas que naquela época havia mais ordem e respeito, havia. Hoje pode tudo. Está bem ruim, penso eu. Um abraço.

  2. Zico Dias /

    Quando você fala de Cuba, lembre-se que esse país sofre há anos com o embargo econômico dos Estados Unidos. Antes da intromissão dos americanos, Cuba era um país como outro qualquer, sem grandes problemas.

    1. Bruno / Post Author

      Olá Zico. Sofre porque quer, por teimosia em manter um regime que já está morto e enterrado. Mas nem discuto porque nem nada. Cuba é o que é. Um país atrasadíssimo. Zoado. O que eu mencionei é de gente que fala que lá é bom. Mas não vai morar lá. Só fala da garganta pra fora. Falar é fácil. Fazer já são outros quinhentos. Se Cuba fosse bom não tinha cubano preferindo enfrentar tubarões para fugir de lá nadando do que ficar lá. Só o fato de você ter que fugir do seu país porque não te deixam sair, fala por si só. Um grande abraço.

  3. Andre Gabriel Marques /

    Parabéns! Belo texto.
    É difícil encontrar pessoas que tenham tal pensamento do qual ditatura não foi ruim.

    Só vejo falar mal da ditadura na TV e professores comunistas, todo pessoal antigo que conheço, inclusive meus pais, viveram em um tempo de ouro, com um controle rígido contra qualquer ato ílicito, podia-se ficar na rua até de madrugada sem medo de violência, ser bandido significava perder a vida, havia mais disciplina na educação, hoje nem vou comentar.

    1. Bruno / Post Author

      Olá André. Se você nasceu ou virou adulto dentro do regime atual, só conheceu bandalheira. Desde que os civis assumiram o governo, é isso. Só piorou. Mas a memória do povo é curta. A minha não. Ninguém venha me dizer que foi ruim. Não tomei borrachada de militar não. O exército não vivia batendo em todo mundo coisa alguma. Agora, o sujeito queria fazer bagunça, tomava na orelha mesmo. Hoje é diferente. Os traficantes mandam em cidades. Têm armas poderosas. Melhor parar que vai virar outro artigo. Enfim, na minha opinião, nós civis, não soubemos, até agora, tocar o país. Já passou da hora de se fazer alguma coisa. Para que pessoas como você possam conhecer um tempo melhor. Um grande abraço e obrigado pelo comentário.

  4. elton /

    mas tu é muito ignorante hein… como você dispensa o fato de que cuba sofre com embargos econômicos?as pessoas fogem por que não tem um mercado aberto e asim teem emprego, mas nao por que tem não tem educação e saúde. na minha opinião antes de você falar besteira deveria ir estudar.

    1. Bruno / Post Author

      Olá Elton. Eu garanto a você que irei estudar história, mas só se você me garantir que vai estudar português, antes de se meter a escrever novamente. Que diabos quer dizer “como você dispensa”? Que catso quer dizer “teem” e que raios quer dizer “asim”? Acho que você deveria ir morar em Cuba, já que gosta tanto. Pelo menos os pseudo-intelectuais que vivem falando que Cuba é legal costumam saber escrever. Você nem isso. Um abraço.

  5. amorim /

    a ditadura nunca foi ruim, as pessoas que eram honesta nao sofriam nada, nao tinha baderna, os militares fizeram muito para este país, mas hoje, hummm,voce sabe quem foi a sr. dilma, a folha e grande, muito grande, hoje milhoes de dinheiro estao nas maos dos politicos, senhores me digam qual foi o presidente militar que ficou rico, nenhum, agora itamar, jose sarnei, lula,ate o filho do lula, voces sabiam que o pai do FHC foi militar do exercito, o pai do nedador mercadante foi general de exercito, sabe o que é, é que nos temos 120 milhoes de analfabetos, e esse país so vai melhorar enquanto o povo nao ir paras ruas pedir os seus direitos, isso nunca vai acontecer……

    1. Bruno / Post Author

      Olá Amorim. É por aí mesmo. Como dizia um personagem de Chico Anísio: “tirou daqui”. A ditadura militar foi ruim pra baderneiro e bandido. Agora os governos civis lambem as botas de ambos. Um abraço.

  6. jao /

    Fantastico seu texto!!!
    fala-se bem a verdade!!
    E DIGAM SIM A VOLTA DO REGIME MILITAR!!!!

  7. REN /

    Ao que me parece metade da população perecia na miséria enquanto os militares beneficiavam a elite. Não ter liberdade de expressão de forma alguma é bom. Não se pode dizer que estava tudo em ordem, pois demoram-se anos para que muitos esquecessem os terrores e as mazelas que a ditadura deixou. Fora que o país era (e ainda é) um fantoche dos EUA. Me parece que para algumas milhares de pessoas mortas durante o período pelos militares, ou para os milhões que não eram da elite. Basicamente você estava em situação ruim, e se lutasse para mudar corria o risco de perder a vida. Para os omissos e coniventes também não foi ruim…

    1. Bruno / Post Author

      Olá Ren. Não sei a sua idade, mas sei a minha. Eu estava lá. E garanto a você que não tive o menor trabalho para “esquecer o terror e as mazelas”. Porque isso não ocorreu. Quem cuidava de sua vida, trabalhando, estudando, criando filhos, etc., jamais foi incomodado pela ditadura. Aqueles que gritavam naquela época, contra a ditadura estão hoje no poder. Gritavam a favor de um regime falido, que a própria Rússia abandonou. Eles querem sucatear nosso país, assim como Cuba fez. E sucatear as pessoas. Nivelar as pessoas por baixo. Você fala em elite.. tsc, tsc… De lá pra cá, a miséria só se multiplicou, meu amigo. Cada vez há mais gente medíocre, que só quer uma cestinha básica e um barraco. A ditadura pode não ser a solução, mas que a gente vivia melhor, vivia. Um abraço e obrigado por compartilhar sua opinião.

  8. Eduardo Brito /

    O povo tem que abrir os olhos e se instruir mais sobre o assunto ,e não ser mais uma “ovelhinha“ do bando.Estamos sendo roubados pelo governo e poucas pessoas percebem isso.As escolas no brasil esta uma merda, não tem aprendizagem, acho que o minimo que os politicos poderiam fazer é dar condição de estudos para os alunos…

  9. Adriana /

    Na minha família ninguém foi preso, nem exterminado,nem torturado,vivíamos bem, nossos filhos podiam brincar na rua sem problema, podíamos assistir televisão sem vergonha nenhuma, pois não tinha tanta safadeza, tanta bunda, se existia gays, eu não sei, porque eles não eram vistos se beijando nas ruas, assim como os e teros também não ficavam dando shows de graça na frente de crianças e desrespeitando os mais velhos, no máximo podia se pegar na mão, os estupros não eram comuns, pois hoje parece arroz com feijão, acontece todos os dias,hoje o ladrão está te obrigando a sair nas ruas com muito dinheiro no bolso, porque senão eles matam por não ter ou ter pouco no bolso, as crianças são jogadas no lixo como se fossem lixo, a ditadura com certeza as mães, estupradores, criminosos pensariam duas vezes antes de agir, não falando das drogas…, que volte a ditadura…Amém.

    1. Bruno / Post Author

      Olá Adriana. Talvez seja o que o povo brasileiro esteja necessitando mesmo. Desde o final da ditadura, tudo só tem piorado (que levante a voz quem discorda). O ensino está largado às traças. O povo agora vai às ruas por qualquer porcaria. É passeata disso e daquilo. Só não vejo ninguém manifestar-se pelo trabalho e pela ordem. Uma verdadeira bagunça. Na época da ditadura militar podia-se andar nas ruas. Agora o próprio povo impede seus compatriotas de ir e vir. Obrigado pela colaboração. Um abraço.

  10. Ana Suzuki /

    Não foi a intromissão dos Estados Unidos que derrubou Cuba. Foi a queda da União Soviética. A mamata acabou e Fidel Castro, em vez de pensar no povo, teimou na sua ideologia, doesse a quem doesse. Claro!
    Para ele não falta nada – só saúde e juventude, mas isso americano nem chineses não vendem.

    1. Bruno / Post Author

      Olá Ana. É bem por aí. Os pretensos “defensores de Cuba”, que nem sabem onde fica o país, de tudo culpam os Estados Unidos. Que também não conhecem. Acho que se mandar um desses ideologistas morar em Cuba, não aguenta dois dias. Seria até bom… e que o governo cubano não deixasse o falastrão sair de lá. Só se fosse a nado, abanando o traseiro pros tubarões. Abraço e obrigado pelo comentário.

  11. Jonathan Quartuccio /

    Sou militar da reserva. Parabéns pelo texto. Todos deveriam ler o que escreveu,

    1. Bruno / Post Author

      Olá Jonathan. Obrigado pelo comentário. Seria bom mesmo que lessem e refletissem. Um abraço.

  12. SERGIO PETRUCIO /

    Nascí pobre num bairro do Recife chamado Ibura em 1970, meu pai trabalhava em uma grande e já extinta rede de supermercado chamava-se MULTIBOM,ele saia de madrugada andava 12 km a pé(pra economizar) nunca sofreu nenhuma violência assaltos por exemplo.Estudei em escola pública e não havia grades nem portões altos ao seu redor,pederastas como eram chamados os homossexuais não eram patrocinados pelo Estado para promoverem imoralidades e desestruturação das famílias (até hoje eu não conheço qual o tipo de contribuição, a prática homossexual trouxe para o país).Não lembro de criminosos recebendo os mimos que hoje recebem , também desconheço se algum Ministro chorou porque viu um pobrezinho de um ladrão de motocicleta levando um tiro de um policial malvado,afinal de contas o coitado sá tava roubando uma moto em São Paulo . A População só sabe da ditadura através da REDE GLOBO ou REDE BOBO tanto faz, o país está de joelhos e falta pouco pra cair, depois,é só cortar a cabeça……..

    1. Bruno / Post Author

      Olá Sergio. E olhe que você ainda foi brando. O Brasil perdeu a noção de valores, de moral. Virou uma terra sem lei, sem ordem. Chega a ser uma piada a frase da bandeira: “Ordem e progresso”. Está mais para : “baderna e retrocesso”. Um abraço e obrigado pelo comentário.

  13. Vamberto de santa rita /

    Bruno! Ditadura não presta pra nada.
    Só presta para matar. as pessoas que tem coragem de defender o que tu não
    tem coragem.

    1. Bruno / Post Author

      Olá Vamberto. É a sua opinião. Cada qual pensa como quiser e faz o que gosta. Entre uma ditadura militar e uma comunista, prefiro a militar. Abraço.

Comment is closed.