Quer criar seu próprio infoproduto?

Inscreva-se e receba um minieBook para saber mais hoje mesmo!

De quem é a culpa? Onde está Deus?

Blog levantar

Dia destes abro minha caixa de email e, como sempre, vou passando direto – sem abrir – pelas dezenas de repasses, piadinhas, bestagens, propagandas, mais piadinhas, videos que eu “preciso ver”, mais propagandas e… de repente, um email cujo assunto era: “Por onde Deus tem andado?”. Resolvi abrir.

O autor do email referia-se a um texto de outra pessoa, no qual culpava a Deus por não evitar atrocidades cometidas por homens (assassinatos de crianças, coisa e tal).

O referido sujeito, não apenas foi infeliz em sua colocação, como também nada original. Apenas um repetidor de coisas que o mundo fala há séculos. “Onde está Deus nesta hora?” Dãããã…

Homens que se recusam a obedecer à palavra de Deus, aos mandamentos de Deus, ficam reclamando de outros homens, também desobedientes a Deus, mas que cometem atrocidades, como matar crianças, estuprar, traficar drogas, fazer guerras, maltratar suas esposas e filhos, matar companheiros de trabalho e chutar o cachorro. E colocam a culpa em Deus, porque não evitou aquilo.

Cegos em sua cruzada contra a própria impotência, teimosia e ignorância, não vêem que as atrocidades deste mundo são causadas pelo homem desobediente à palavra de Deus. E que este mesmo Deus nos deu a condição para evitar estas coisas. A obediência à Sua palavra.

Você diz ao teu filho: “não use drogas”.  Ele usa e acaba se dando mal (como a grande maioria que o faz), de quem é a culpa? De Deus?  Tua? Não e não. A culpa é do teu filho, desobediente. Se, por outro lado, ele obedece, não usa drogas e é morto por um drogado, de quem é a culpa? Do pai do drogado? De Deus? Não e não de novo. A culpa é do drogado, desobediente.

Mesmo aqueles que obedecem à palavra de Deus, estão sujeitos a passar por maus bocados. Obedecer a Deus não livra ninguém de ser assaltado, assassinado, ou de passar necessidade. A bíblia diz: “neste mundo tereis aflições”. Isto se aplica a crentes e descrentes.

Mas aquele que obedece à palavra de Deus, jamais será o que comete o crime. Está me acompanhando? Se todos obedecessem a Deus, não haveria crime. Não haveria guerra. Mas não é assim, é? O ser humano é desobediente, pecador por natureza.

Ah, sim. Deixe-me explicar mais uma coisa. Tome cuidado para não me entender mal. Eu disse que jamais será quem comete o crime aquele que obedece à palavra de Deus. Entenda isto ao pé da letra. Com aquele que obedece à palavra de Deus, não quero dizer “aquele que frequenta a igreja”  ou coisa assim.

Somente escrevi o parágrafo anterior, porque já antevejo os que atacam a êsmo. “Ah, quer dizer que só os religiosos são bonzinhos”. Nada disso. Religião não salva nem talha ninguém. Eu quis dizer exatamente OS QUE OBEDECEM À PALAVRA DE DEUS.

O outro lado da moeda

Por outro lado, temos alguns “crentes” que não são crentes coisa nenhuma. Há muita gente por aí montando “igrejas” e “ensinando”. Em muitas delas, praticamente se exime o “crente” de qualquer culpa. A culpa é sempre do diabo.

Aconteceu algo ruim na vida do caboclo, tome lá: foi o diabo. Um crime… foi o diabo. Perdeu o emprego, foi o diabo. E assim por diante.

Estes falsos crentes, são  iguais (ou piores) do que os que não acreditam em nada. Perdidos em crenças completamente desviadas da palavra de Deus, sempre procuram uma desculpa para os próprios erros.

O diabo, por si só, não comete as atrocidades. Você já viu alguma foto do diabo com uma metralhadora na mão, eliminando um bando de gente inocente que só passava por ali, estampada naquele jornal sensacionalista?

Quem comete os crimes é o ser humano. O diabo apenas engana e induz ao êrro. E faz isto  com os fracos, descrentes, desobedientes a Deus. Com aqueles que são obedientes (de verdade),  ele até tenta, mas geralmente se dá mal.

Conclusão

A culpa é nossa. Somos fracos, desobedientes, falhos. Pecadores, pobres de nós. Somente a misericórdia e a graça de Deus podem nos tirar da escuridão.

Em tempo: Deus está sempre no mesmo lugar, esperando que o busquemos. E se você leu este artigo, com certeza Deus está buscando você.

About the Author Bruno

2 comments

Comments are closed